Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Secretaria da

Cultura

Início do conteúdo

Perspectivas

Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos
(Rafael Koerig Gessinger, Presidente da Comissão)

"Quando o Governador Eduardo Leite fez publicar, em setembro de 2021, o Decreto 56.110 com o fim de organizar as comemorações do Bicentenário da Imigração Alemã (1824-2024), o recado foi claro: o Rio Grande do Sul celebra a integração humana, o Rio Grande do Sul celebra o migrante de língua alemã e seus encontros culturais. E tudo isso não somente com os olhos no passado, mas, como afirma o Secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Mateus Wesp, com os olhos no presente e no futuro. São muitas as frentes que serão estimuladas com o Bicentenário: ciência, cooperação técnica, economia, agricultura, intercâmbio acadêmico, arquitetura, gastronomia, música, cinema, cidadania, direitos humanos, literatura, língua alemã, sustentabilidade, turismo, enfim, nada escapa ao Bicentenário. Mas um dos maiores legados que o Bicentenário pode vir a ensejar é um valioso conjunto de vínculos humanos e pontes institucionais que há de ser ampliado e fortalecido em benefício de todos."

___________________________________________________________

Secretaria de Desenvolvimento Econômico do RS

(Astrid Schünemann 20/06/2023)

A influência alemã está presente na gênese do Rio Grande do Sul. Desde o primeiro grão de soja trazido para o Estado até a indústria de tecnologia. A partir dessa perspectiva, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do RS está construindo um projeto para destacar a contribuição econômica alemã no avanço do Estado. Pelo viés da pasta, a abordagem será com foco industrial. A estimativa é trabalhar no resgate da história alemã (o imigrante que chegou desempregado, começou a arrumar sapatos e originou o parque industrial calçadista no Vale dos Sinos, por exemplo) e a visão futurista que se expandiu para outros setores, como agronegócio e indústria metal mecânica. O mapeamento das multinacionais gaúchas de descendência alemã e as que vieram de fora do Estado. Parâmetros como negócios, empreendimentos, investimentos, PIB e a revolução do mercado gaúcho estão previstos. Planejamento, visão a longo prazo, disciplina e resultados são valores estimados no projeto. Os fatores de agregação social incluídos das ações dos alemães também serão evidenciados.

Nossas Redes Sociais: Site  e Instagram

_______________________________________________________

Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha no Rio Grande do Sul

(Aline Martins 21/06/2023)

A AHKRS se alia aos preparativos da comemoração dos 200 anos da colonização alemã, significativo marco da estreita ligação entre RS e Alemanha. Com olhos voltados ao futuro, homenageia os pioneiros, que trouxeram sua capacidade de trabalho e cultura, mas principalmente seus descendentes, que seguiram honrando a herança recebida. O trabalho da Câmara fortalece a histórica afinidade, reverenciada agora pelo bicentenário, atuando no incentivo e na efetivação de atos de cooperação mútua baseados sempre no desenvolvimento sustentável. A construção dos próximos 200 anos passa pelo investimento em novas e disruptivas tecnologias e processos, no definitivo ingresso na era digital, na preservação do meio ambiente e na valorização das pessoas. O amanhã parte da sólida base de dois séculos atrás, mas depende da contínua criação de oportunidades que a proximidade entre Alemanha e RS oportuniza. Clique nos links para mais informações:  Site  e www.linkedin.com/company/ahkrgs

______________________________________________________

Universidade do Vale do Taquari – Univates

A Universidade do Vale do Taquari - Univates reconhece a trajetória das migrações germânicas para o Rio Grande do Sul e Brasil e celebra, em 2024, juntamente com a sociedade gaúcha, o seu bicentenário valorizando o legado político, social, econômico e cultural. Nesse contexto, a história do Vale do Taquari e de parte de seus municípios também é permeada pela influência identitária teuto-brasileira decorrente dos movimentos migratórios iniciados no século XIX, e ao lado de outras culturas locais de igual importância, contribui para a formação de um espaço social pluriétnico, onde são vivenciadas diversas tradições: língua, culinária, crenças, arte, festividades e organização comunitária. Assim, a Univates promove a pluralidade democrática para a cultura e o pensamento crítico, além de desenvolver atividades de ensino, pesquisa e extensão universitária que dão visibilidade à memória e ao patrimônio cultural dos diferentes grupos sociais, trazendo para o debate reflexões acerca dos movimentos migratórios históricos e do tempo presente

Clique no Link para acessar a Univate

___________________________________________________________

 Instituto São Leopoldo - ISL 2024 (André Rotta 19/06/2023)

Trabalhamos para que o Bicentenário seja a mola propulsora de uma real aproximação com a Alemanha em todas os eixos, principalmente Cultura e Desenvolvimento Econômico, temos muitas iniciativas que podem ser potencializadas bem como outras tantas oportunidades de nos conectarmos a Alemanha, trazendo cultura, investimentos e desenvolvimento econômico ao nosso estado e país. Acreditamos que as ações realizadas em prol desta data, poderão perdurar alem 2024 fazendo com que tenhamos efetivamente uma aproximação com a Alemanha e finalmente que este trabalho executado sirva de modelo para nos aproximarmos de mais países como a Itália, Portugal e tantos outros. Clique no Link para mais informações.

André Rotta Presidente do ISL 2024 

___________________________________________________________

TAQUARA (Rafael Tourinho Raymundo 18/06/2023)

O município de Taquara é o maior do Vale do Paranhana. Os primeiros imigrantes alemães chegaram na região por volta de 1846, em área hoje pertencente a Igrejinha. O Bicentenário tem um valor simbólico muito significativo. Taquara é uma cidade plural, onde diversas etnias contribuíram e contribuem para seu desenvolvimento. Há uma diversidade cultural acentuada, com grupos engajados em temas como voluntariado, hip- hop e canto coral, além de três museus (incluindo o Museu Arqueológico do Rio Grande do Sul, estadual). O município mantém, ainda, aproximações com o Consulado Alemão e o Instituto Goethe. Para a programação do Bicentenário, pretendemos desenvolver exposições, abrir o espaço de nosso futuro Centro Cultural (Casa Vidal) e criar uma websérie com as seguintes ênfases: voluntariado, associativismo, tradição, memória, identidade coletiva e sustentabilidade. Além disso, haverá ações paralelas, algumas delas desenvolvidas em conjunto com outras entidades, como as Faculdades Integradas de Taquara (FACCAT). Clique nos Links para mais informações. Site oficial: https://www.taquara.rs.gov.br/ Instagram: https://www.instagram.com/preftaquara/

__________________________________________________________

ULBRA (Professor Antônio Costa 18/06/2023)

A ULBRA e o Bicentenário da Imigração Alemã no RS

A Universidade Luterana do Brasil, desde a sua origem, baseia-se nos ideais do Reformador alemão Martinho Lutero, o qual entendia a educação como um instrumento fundamental para o desenvolvimento da sociedade. Como se sabe, muitos imigrantes alemães eram luteranos, e, dessa forma, a história da própria ULBRA está entrelaçada com a história da imigração alemã no Brasil. Por essa razão, a instituição atribui grande importância ao Bicentenário da Imigração Alemã no Rio Grande do Sul. Reconhecemos que esse evento histórico é de especial importância para a nossa comunidade, pois coloca em relevo um fato histórico que trouxe importantes desdobramentos não apenas no âmbito regional, senão também no âmbito mais amplo da sociedade brasileira como um todo. O Bicentenário da Imigração Alemã no Rio Grande do Sul é uma oportunidade para celebrarmos a diversidade e a riqueza cultural do nosso Estado. Por isso, a ULBRA está engajada em realizar eventos e atividades que envolvam a comunidade acadêmica e a sociedade em geral na comemoração dessa importante data histórica.  Clique no Link para mais informações.

____________________________________________________________

FEEVALE (Dr.ª Roswithia Weber 16/06/2023)

As comemorações do Bicentenário da imigração alemã para o Brasil tem sido objeto de atividades na Universidade Feevale desde 2022. Ações em diversas áreas de formação, criação, qualificação e pesquisa buscam a reflexão sobre a complexidade dos processos migratórios, bem como promover o conhecimento através de produções culturais diversas. Em 2024 as ações serão intensificadas através de publicação de e-books, palestras, exposições, entre outros.  Clique no Link para mais informações.

Secretaria da Cultura