Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Sobre o Museu

fachada-museu-julio.jpg
Fachada do Museu Julio de Castilhos

O Museu Julio de Castilhos, instituição vinculada à Sedac e o mais antigo museu do Rio Grande do Sul, criado em 1903, é um lugar de memória, de história e de testemunho de relevantes fatos políticos, sociais, culturais e econômicos do RS.

Dentre as exposições presentes estão “Memória e Resistência”, que exibe 97 peças representativas do povo indígena, com destaque para as esculturas missioneiras, e “Narrativas do Feminino”, que expõe diferentes perspectivas de mulheres de meados do século 19 a meados do século 20.

Em virtude da pandemia, o número de visitantes será de, no máximo, 10 pessoas, que terão acesso permitido desde que sigam o protocolo e medidas de segurança sanitária, ou seja, utilizar máscara e higienizar as mãos com álcool em gel depois de terem sua temperatura aferida na entrada. O distanciamento entre as pessoas no interior do museu deverá ser de, no mínimo, 2 metros. Por isso, os agendamentos de grupos e as mediações permanecerão suspensas, enquanto durar a pandemia.

Funcionamento: terça a sexta-feira, das 10 às 17h.

Equipe

Direção: Doris Couto
Bacharel em Museologia/UFRGS, Pós-graduada em Políticas Culturales de Base Comunitaria pela Faculdade Latino Americana de Ciências Sociais/FLACSO-Argentina, mestra em Museologia e Patrimônio pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul/UFRGS.

Técnicos:

Angelita Santos da Silva: licenciada em Letras e mestre em Teoria da Literatura/PUCRS, analista em Assuntos Culturais e servidora da Sedac.

Claus Farina: licenciado em História/PUCRS, especialista pós-graduado em História das Culturas Afro-brasileiras e Indígenas/UNINTER, mestrando em História Ibero-Americana/PUCRS, analista em Assuntos Culturais e servidor da Sedac.

Gabriel Castello Costa: licenciado em História/UFRGS, extensão em Gestão do Patrimônio Cultural/SENAC/RS, analista em Assuntos Culturais e servidor da Sedac.

Jéferson Monteiro: graduando de Museologia/UFRGS, acadêmico de história/FAPA, agente administrativo e servidor da Sedac.

Estagiárias:

Jade Mendes: graduanda em Museologia e estagiária em Museologia.

Maria José Alves: mestre em Educação, historiadora, graduanda em Museologia e estagiária em Museologia.

Marina Albugeri: licenciada e bacharelanda em História, estagiária em História.

Victória Paz: graduanda em jornalismo e estagiária de Comunicação.

Locais

Secretaria da Cultura