Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Agraciados com os prêmios Novas Façanhas e Leonardo Machado são recebidos na Sedac

Bia Araujo fez a entrega das placas aos vencedores

Publicação:

Prêmio Leonardo Machado
Secretária Bia recebeu os agraciados com os prêmios Novas Façanhas - Foto: Solange Brum | Ascom Sedac
Por RAFAEL VARELA | ASCOM SEDAC

A secretária da Cultura, Beatriz Araujo, recebeu nesta quarta-feira (24), em seu gabinete, o ator Sirmar Antunes, vencedor do Prêmio Leonardo Machado e Valmir Michelon (Festival de Cinema de Guaíba), Ariel Ortega (Coletivo Mbyá-Guarani de Cinema) e Nica Fochesatto (APTC/RS), agraciados com o prêmio Novas Façanhas. O Festival de Cinema de Gramado anunciouno dia 18 de agosto os vencedores dos prêmios Novas Façanhas e Leonardo Machado, oferecidos pela Secretaria da Cultura (Sedac), por meio do seu Instituto Estadual de Cinema (Iecine).

Acompanharam a agenda a presidente da Gramadotur e secretária de Turismo de Gramado, Rosa Helena Volk, o diretor do Instituto Estadual de Cinema , Zeca Brito, e a coordenadora de Comunicação do Festival de Cinema de Gramado, Vera Carneiro.

O prêmio Leonardo Machado – considerado a maior premiação do Festival de Cinema de Gramado– foi concedido ao ator Sirmar Antunes em reconhecimento à sua trajetória de quatro décadas na cena cultural gaúcha, com dezenas de papéis em projetos audiovisuais, entre séries, longas e curtas-metragens. “Estou muito agradecido por essa premiação. Tenho uma trajetória de 47 anos de estrada cênica ininterrupta. Eu aprendi com a Fernanda Montenegro, que uma vez me disse, ‘desiste, quer desistir, desiste. Uma vez, duas, mas volta atrás’. Eu desisti várias vezes, mas não parei nunca. Eu queria fazer do meu ofício de ator a minha profissão, e fiz”, destaca Sirmar.

“Foi um momento muito importante de fechamento de um ciclo. É prêmio Sedac/Iecine é o primeiro grande investimento do Instituto, com recursos do programa Avançar na Cultura (link). Um prêmio que valoriza os talentos locais, os profissionais e os personagens do nosso cinema. Todos os contemplados hoje, entre eles o Sirmar, o ator mais importante da cinematografia gaúcha, representam um espectro de diversidade que vai ficar. Esse prêmio celebra a diversidade do nosso cinema”, avalia o diretor do Iecine, Zeca Brito.

A secretária Beatriz Araujo agradeceu a presença dos contemplados com os prêmios e lembrou que a inclusão é pauta diária da Sedac. “É importante que a gente diga isso, porque o olhar que eu tenho é o olhar de quem trabalha há mais de 35 anos na área cultural e que sempre se ressentiu de muitas questões do governo do Estado, tanto em relação aos cidadãos, quanto em relação aos municípios. E essa proximidade é muito importante. O Sistema Estadual de Cultura tem sido fortalecido para que continuemos atuando dessa forma”. Beatriz destacou também a importância do Festival de Gramado e celebrou a parceria e o olhar do governo do estado voltado para o audiovisual. “O Festival é patrimônio da população gaúcha. Sua existência precisa ser celebrada e fortalecida. Ao apoiarmos o Festival, reconhecido nacionalmente, estamos exaltando o valor de profissionais do cinema que têm em Gramado sua principal janela de trabalho e circulação de suas obras".

Secretaria da Cultura