Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Filmes gaúchos terão a maior premiação do Festival de Gramado

Publicação:

Premiação leva o nome do ator Leonardo Machado, falecido em 2018
Premiação leva o nome do ator Leonardo Machado, falecido em 2018 - Foto: eiton Thiele/PressPhoto

Repasse de recursos do Governo do Estado através de convênio com a Gramadotur, para realização do Prêmio Sedac/Iecine de longas-metragens gaúchos, garantirá maior premiação na história do Festival

Aclamado pelo público, críticos e por realizadores, o Festival de Gramado se consolida como o evento mais importante do audiovisual brasileiro. O festival, que conta com financiamento do Sistema Pró cultura, por meio da Lei de Incentivo à Cultura (LIC), passa a contar a partir dessa edição com um significativo prêmio em dinheiro, voltado à valorização da produção local e oferecido pela Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), por meio do seu Instituto Estadual de Cinema (Iecine). Trata-se do Prêmio Sedac/Iecine.

Ao todo, foram repassados R$ 118 mil para a distribuição de 14 prêmios dedicados aos realizadores locais. São dez novos kikitos distribuídos nas seguintes categorias técnicas: Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Direção de Fotografia, Melhor Direção de Arte, Melhor Montagem, Melhor Desenho de Som e Melhor Trilha Musical. Cada categoria receberá R$ 5 mil. Já o melhor longa gaúcho em competição receberá o prêmio de R$ 10 mil.

Prêmio Leonardo Machado

Além das categorias técnicas, o Prêmio Sedac/Iecine também será concedido a artistas e realizadores pelo mérito de suas trajetórias no audiovisual do RS. Trata-se do Prêmio Leonardo Machado, assim nomeado em homenagem ao ator gaúcho premiado em Gramado em 2009 por “Em Teu Nome” e falecido em 2018, aos 42 anos.

O ator ou atriz premiado com o prêmio Leonardo Machado receberá a quantia de R$ 15 mil. Outra distinção a ser apontada é o Prêmio Novas Façanhas, que contemplará três realizadores, técnicos ou coletivos por sua contribuição à inovação e ao desenvolvimento da linguagem audiovisual. Cada um dos três premiados nessa categoria receberá R$ 10 mil como estímulo para continuidade de suas ações.  

Além de destacar os talentos da safra anual de audiovisual, premiando as obras exibidas na programação da Mostra Gaúcha de Longas-Metragens do Festival, a iniciativa valoriza, também, o olhar curatorial e artístico da Associação de Críticos de Cinema do RS, que assumirá o júri da premiação juntamente com o Iecine e a GramadoTur.

Com esse prêmio, a Sedac reafirma seu protagonismo no desenvolvimento e no fomento do audiovisual gaúcho, ao mesmo tempo em que reforça o papel do Festival de Gramado na escrita dessa história. 

A Sedac, através do Iecine, vê no Festival a principal janela da produção realizada no estado, além de reconhecer e celebrar o papel vital que o evento representa para o cinema brasileiro. "O Festival de Gramado é patrimônio da população gaúcha. Sua existência precisa ser celebrada e fortalecida. Ao apoiarmos o festival, reconhecido nacionalmente, estamos exaltando o valor de profissionais do cinema que têm em Gramado sua principal janela de trabalho e circulação de suas obras", destaca a secretária da Cultura, Beatriz Araujo.

Secretaria da Cultura