Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Projeto em parceria com Secretaria da Cultura e UFPel será lançado nesta quinta-feira

Publicação:

WhatsApp Image 2019 08 14 at 12 07 08
Secretária Beatriz Araujo
Por RAFAEL VARELA/ ASCOM SEDAC
A secretária  da Cultura, Beatriz Araujo, participa nesta quinta (15), às 10h, em Pelotas, do lançamento do Projeto de Extensão Laboratório Aberto de Conservação e Restauração de Bens Culturais – resultado do Acordo de Cooperação Técnico-Científico firmado entre UFPel e Sedac. O evento será no Museu do Doce (Praça Coronel Pedro Osório, 8), onde funcionará o laboratório. Além da secretária da Cultura, participam da solenidade representantes do Museu Histórico Farroupilha, da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFPel e do Museu do Doce.
 
Durante a solenidade serão apresentados detalhes do processo de restauração a ser realizado em duas obras de grandes dimensões pertencentes ao acervo do Museu Histórico Farroupilha, de Piratini. As obras são pinturas em óleo sobre tela: Alegoria, Sentido e Espírito da Revolução Farroupilha, autoria de Helios Seelinger, datada entre 1925-26; e Fuga de Anita Garibaldi a Cavalo, de Dakir Parreiras, datada entre 1917-1918.
 
As pinturas serão restauradas através do Projeto de Extensão e do Instituto de Ciências Humanas da UFPel. O Acordo de Cooperação prevê a abertura do laboratório ao público, que poderá acompanhar o processo de restauração in loco, a partir do dia 16 de agosto. A solenidade de lançamento do Projeto faz parte das comemorações do Dia Estadual do Patrimônio Cultural - este ano com programação nos dias 17 e 18 de agosto, em todo Estado. 
 
A UFPel, através do Acordo de Cooperação, oportuniza aos alunos envolvidos no projeto a experiência prática da sua futura atividade profissional e contribui com a preservação destas importantes obras que narram parte da história do Rio Grande do Sul.
 
As obras
 
A exemplo de grandes obras que encenam e dramatizam passagens históricas e emblemáticas do Brasil colonial do século 19, as duas pinturas constituem um conjunto altamente significativo quanto à representação da Revolução Farroupilha por grandes pintores. São, portanto, dotadas de tremendo valor tanto histórico quanto artístico. Reforçam o caráter épico e solene da temática farroupilha.
 
O carioca Dakir Parreiras (1894- 1967) é filho do grande pintor Antonio Parreiras (1860- 1937), tendo também sido reconhecido pelo tremendo valor artístico de sua produção enquanto paisagista e pintor de temas históricos, com forte influência do impressionismo e do academismo eclético. Já o também carioca Hélios Seelinger destacou-se, além da pintura de viés acadêmico, como desenhista e caricaturista, tendo feito parte de sua formação na Alemanha.
 
Secretaria da Cultura