Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Teatro de Arena

Fachada do Teatro de Arena
Teatro de Arena

O Teatro de Arena localiza-se nos Altos do Viaduto Otávio Rocha, na Avenida Borges de Medeiros, no Centro Histórico de Porto Alegre. Fundado pelo Grupo de Teatro Independente, então composto por Jairo de Andrade, Araci Esteves, Alba Rosa, Câncio Vargas, Hamilton Braga e Edwiga Falej, foi inaugurado em 17 de outubro de 1967, com a peça de Dias Gomes: “O Santo Inquérito”. O Arena atuou como um núcleo de resistência cultural no período da Ditadura Militar (1964 – 1985).

Desde 1991, o Teatro de Arena abriga Centro Documentação e Pesquisa em Artes Cênicas. Seu acervo conta com textos oriundos do Departamento de Censura da Polícia Federal, 2.100 textos dramáticos, de autores nacionais e estrangeiros, adultos e infantis; livros de artes cênicas; uma videoteca com o Projeto Memória Viva.

O Projeto Memória Viva – idealizado por Dilmar Messias no final da década de oitenta – objetiva organizar e registrar em vídeo o depoimento de figuras representativas na área das Artes Cênicas, ampliando, assim, a memória artística do Estado do Rio Grande do Sul.

A instituição está voltada para projetos variados, como teatro, dança, música e outros. Os produtores culturais interessados em realizar atividades artísticas no Teatro de Arena devem enviar um e-mail solicitando pauta (informando o período desejado), com um breve release do trabalho.

Diretor: Clovis Rocha

Locais

Secretaria da Cultura