Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

OSPA tem ensaio aberto neste sábado

será possível conferir os bastidores do concerto de imersão na trajetória do Pink Floyd

Publicação:

frame para Carol000 960x636
Divulgação OSPA - Foto: Mauricio Paz

POR CAROLINA CHAVES/ ASCOM  OSPA 

 A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA) tem boas notícias para quem não conseguiu garantir os ingressos (já esgotados) para o concerto ‘‘Pink Floyd Sinfônico’’, neste domingo (07). No sábado (6), a partir das 14h,  no Auditório Araújo Vianna (Parque da Redenção, 685),  a orquestra possibilita a chance do público assistir ao ensaio geral, sob a regência de Evandro Matté. O palco terá formação completa do espetáculo - com músicos convidados, solistas, Coro Sinfônico da OSPA e Coro Infantojuvenil.  A entrada é gratuita, mediante doação de uma roupa de inverno em boas condições, que será encaminhada à Campanha do Agasalho 2019. O acesso ao ensaio acontece a partir das 13h30 e é restrito a 500 pessoas. 

OSPA  CREDITO MARIANA MORAES
Divulgação OSPA - Foto: Mariana Moraes

Sobre o concerto ‘‘Pink Floyd Sinfônico’’

No dia 7 de julho, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA) imerge no universo psicodélico e experimental da banda britânica Pink Floyd. O tributo a um dos grupos precursores do rock progressivo nos anos 1960 é revivido sob a batuta de Evandro Matté. A partir das 18h, no Auditório Araújo Vianna, o maestro conduz a orquestra pela história de cinco grandes álbuns, revivendo sucessos como Another Brick In The Wall e Wish You Were Here. Aliada da instrumentação clássica, a apresentação conta com solos dos cantores Anaadi e Rafael Gubert, com a presença do guitarrista Johnny Macedo, do baixo elétrico de Gabriel Nunes, do pianista Paulo Bergmann, do baterista Jorge Matte, além da participação especial do Coro Sinfônico da OSPA e do Coro Infantojuvenil. Os arranjos são organizados por Gilberto SalvagniAlexandre Ostrovski e Silvane Guerra. O concerto garante uma viagem no tempo pelos primórdios do rock, trazendo à tona a nostalgia de quem vivenciou a trajetória da banda e de quem cresceu escutando Pink Floyd.

Secretaria da Cultura