Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Museu Estadual do Carvão

Arroio dos Ratos

O Museu Estadual do Carvão, localizado em Arroio dos Ratos, município gaúcho situado a 54 km de Porto Alegre, foi criado em 31 de março de 1986 com o objetivo de preservar a história da exploração do carvão e a história dos mineiros. Possui uma área de aproximadamente 11 ha.

O local é uma referência do patrimônio histórico-cultural da Região Carbonífera e guarda um importante acervo museológico e arquivístico, registrando a história da mineração carbonífera do Rio Grande do Sul - ferramentas e utensílios de extração mineral, peças em porcelana para eletricidade, tijolos refratários vindos da Europa, fotografias, livros, mapas, entre outros objetos e documentos que registram a história das minas do carvão, além das ruínas do antigo “Poço 1”, inaugurado em 1908, e das galerias da Termelétrica.

No prédio da exposição museológica, restaurada em 1994, funcionou a primeira Usina Termelétrica do Brasil, de 1924 a 1956, construída pela Companhia Estrada de Ferro e Minas de São Jerônimo (C.E.F.S.M.J.).

Além de se tratar de um depositário da história da mineração gaúcha, o Museu atua como um Centro Cultural de acolhida e promoção das mais diferentes linguagens da cultura, propondo ações educativas com as escolas, especialmente sobre o tema preservação, estimulando o sentimento de apropriação e de pertencimento.

Entre as diversas ações e atividades, em parceria com a comunidade, destacam-se as oficinas de higienização e organização de documentos históricos, visitas guiadas, oficinas de teatro, dança, grupo escoteiro, subsídios para pesquisas escolares e acadêmicas, entre outras. O museu também oferece o serviço de Telecentro e sinal wireless gratuitamente à comunidade, em parceria com a CRM e PROCERGS.

Para outras informações, escreva para: mcarvao@sedac.rs.gov.br

Locais

Secretaria da Cultura