Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Anunciadas as entidades que ocuparão a antiga Fábrica de Artesanatos Guarisse

Publicação:

1
Acordos de cooperação foram assinados na manhã desta quinta-feira (27) - Foto: Rafael Varela/Ascom Sedac
Por RAFAEL VARELA/ ASCOM SEDAC
Foram assinados na manhã desta quinta-feira (27), na Secretaria da Cultura, os acordos de cooperação com as quatro entidades selecionadas pelo Edital Sedac 10/2019. O ato contou com a presença da secretária Beatriz Araujo e representantes legais dos selecionados. A assinatura dos acordos deve ser publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) ainda esta semana.
 
Entre os selecionados para ocupar o prédio da antiga Fábrica de Artesanatos Guarisse (Rua Landel de Moura, nº 430, bairro Tristeza, Porto Alegre) está a Associação dos Amigos da Terreira da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz  grupo teatral com mais de 40 anos de atuação.
 
As outras três entidades já atuavam no local. São elas: Associação Gaúcha de Artes Integradas (AGAI); Primeira Região Tradicionalista (1RT); e Centro Comunitário de Desenvolvimento da Tristeza, Pedra Redonda, Vilas Conceição e Assunção (CCD). A seleção das entidades se baseou em critérios de mérito cultural, de capacidade técnica e qualidade do projeto e contrapartida sociocultural. A cessão de uso destes espaços será pelo prazo de cinco anos a contar da data de publicação no Diário Oficial do Estado.
 
O edital
 
Dia 23 de agosto de 2019, a Sedac, por meio de publicação do edital no Diário Oficial do Estado e portal da secretaria, realizou chamamento público para propostas visando à seleção de pessoas jurídicas de direito privado sem fins lucrativos, de natureza cultural, para ocupação de prédios no complexo situados na Zona Sul da capital.
 
O edital tem como objeto a seleção de Pessoas Jurídicas de Direito Privado sem fins lucrativos (Organizações da Sociedade Civil - OSC) para fins de cessão dos espaços de quatro prédios públicos, visando o aproveitamento de imóveis, criando programas para apoiar e estimular o seu uso na criação de centros culturais, galerias, salas de ensaio e teatros, para a promoção de manifestações culturais e fruição de bens culturais, espaços de ateliês, plataformas criativas e núcleos de produção independente, considerando as especificidades dos diversos segmentos culturais.
Secretaria da Cultura