Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Secretaria da Cultura prestigia entrega do Trófeu Mulher Cidadã 2019

Publicação:

foto secretária Beatriz 2
Foto: Solange Brum

A secretária da Cultura, Beatriz Araujo, prestigiou a entrega do Troféu Mulher Cidadã 2019 a sete personalidades femininas, na tarde desta quarta-feira (13), em sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, no Plenário 20 de Setembro da Assembleia Legislativa. Beatriz representou o governador Eduardo Leite na solenidade que é concedida anualmente no parlamento a mulheres com atuação relevante em suas respectivas áreas. “É um momento de celebração na Assembleia Legislativa e de orgulho por representar o governador Eduardo Leite, nessa homenagem a mulheres tão representativas pra sociedade gaúcha'' ressalta a secretária da Cultura.

Secretária Beatriz e secretária de Saúde Arita Bergmann
Foto: Solange Brum

A escolha dos nomes das contempladas na 22ª edição foi indicação das bancadas partidárias da Assembleia, com o respaldo das deputadas estaduais mulheres, em deliberação homologada pela Mesa Diretora da Casa.
Receberam a distinção Tânia Regina Silva Reckziegel, na categoria Defesa dos Direitos da Mulher e Combate à Violência contra a Mulher; Tânia Maria de Paula Feijó, na categoria Educação da Mulher; Manuela D’Ávila, na categoria Promoção da Participação Política da Mulher; Maria Eulalie Assumpção Mello Fernandes, na categoria Profissionalização e Geração de Trabalho e Renda para a Mulher; Marly Vendruscolo, na categoria Saúde da Mulher; Gicele de Azevedo Melo, na categoria Atividade Comunitária em prol da Mulher; e Joanna Burigo, na categoria Mulher na Cultura.

Mulheres homenageadas.
Mulheres homenageadas

As homenageadas


Tânia Regina Silva Reckziegel: mestre em Direitos Sociais e Políticas Públicas pela Universidade de Santa Cruz do Sul, com dissertação intitulada "Lei Maria da Penha: política pública para erradicação da violência contra a mulher, construção da cidadania e afirmação dos direitos humanos no Brasil", especialista em Gestão Pública pela UFRGS e doutoranda em Ciências Jurídicas pela Universidad del Museo Social Argentino.


Tânia Maria de Paula Feijó: foi secretária-adjunta da Secretaria de Cultura, Esporte e Juventude do Município de Alvorada, gerente estadual da Postal Saúde dos Correios, assessora para Assuntos Estratégicos da Fundação Jorge Duprat Figueiredo, de Segurança e Medicina do Trabalho do Ministério do Trabalho, presidente da Cooperativa de Educadores do Estado do Rio Grande do Sul e diretora do Colégio Saint Germain, de Sapucaia do Sul, além de colaboradora e assessora de diversos órgãos e entidades da sociedade civil.


Manuela D’Ávila: formada em jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e mestranda em Ciências Sociais pela UFRGS, foi vereadora em Porto Alegre, a mais jovem da história do município, deputada federal por dois mandatos e deputada estadual (mais votada) na Legislatura passada, pelo PCdoB. Em 2017, foi indicada por seu partido como pré-candidata à presidência da República, mas desistiu da candidatura para concorrer a vice-presidente, ao lado de Fernando Haddad.


Maria Eulalie Assumpção Mello Fernandes: Fundou, em 6 de julho de 2003, o Banco de Alimentos Madre Tereza de Calcutá, que, mensalmente, distribui cerca de 17 toneladas de gêneros alimentícios às 1.238 famílias de baixa renda cadastradas, sem auxílio governamental. O trabalho é feito a partir de doações mensais em dinheiro vindas da comunidade e, principalmente, do recolhimento de alimentos, feito por jovens voluntários do Movimento de Emaús da Arquidiocese de Pelotas, na porta dos supermercados parceiros da cidade.


Marly Vendruscolo: Filha de Agricultores, mãe de seis filhos, nasceu em Frederico Westphalen, em 14 de dezembro de 1958. Eleita vereadora nas eleições de 2012, estimulou diversas mulheres a concorrem ao pleito. Atendendo pedido e convite da Administração Municipal de Frederico Westphalen, foi secretária municipal de Saúde, de 2013 a março de 2016, destacando-se em ações preventivas e de atendimento à saúde comunitária.


Gicele de Azevedo Melo: É idealizadora e palestrante das seis edições do curso “Mulheres Cuidadoras que se Cuidam”, projeto de inserção no mercado de trabalho de mulheres de baixa renda, mães de família, para atuarem como cuidadoras de idosos, acamados e deficientes.


Joanna Burigo: Fundadora da Casa da Mãe Joanna, projeto de educação e comunicação feminista sobre gênero. Coordenadora pedagógica e professora da Emancipa Mulher, escola de formação feminista e antirracista, que integra a Rede Emancipa de educação popular e completa dois anos de atividades em abril de 2019.

Secretaria da Cultura