Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Narrativas RS: Processos Criativos em Dramaturgia Teatral a Partir da História dos Lanceiros Negros

“Narrativas RS: processos criativos em dramaturgia teatral a partir da história dos Lanceiros Negros” é o tema da oficina oferecida por Ferreira Rodrigues Agência Ensino e Cia de Teatro e Cinema, pelo Programa Invernadas Culturais.

Segundo a oficineira Sofia Rodrigues Ferreira, a arte permite a construção de um universo através de percepções e possibilita a expressão de emoções e pensamentos de forma única. “Observando esse potencial transformador, a oficina pretende uma ponte entre a arte e a história, possibilitando um revisitar da nossa memória gaúcha através do teatro.”

Compreendendo a oficina de teatro como um veículo capaz de conectar o corpo e a mente de cada indivíduo, além de despertar sua criatividade, o projeto utiliza passagens da Revolução Farroupilha para o desenvolvimento de processos criativos a partir da construção de pequenas cenas. As videoaulas têm como norte a produção de dramaturgia a partir de fatos históricos, buscando mostrar possibilidades artísticas para a riqueza da memória gaúcha, possibilitando um revisitar poético da realidade.

Como mote para as aulas, pela bravura e relevância para a história do Rio Grande do Sul, foi escolhido o episódio dos Lanceiros Negros, dando a oportunidade de reverenciar a memória desses guerreiros que lutavam pela liberdade.

Segundo Sofia, a temática dialoga com questões amplamente refletidas na atualidade, como a valorização da diversidade. A oficina tem como público-alvo jovens de 14 a 21 anos e tem caráter multiplicador, proporcionando àquele que realizá-la o resgate da história gaúcha, uma vivência estética transformadora e a possibilidade de reconhecer, através do processo criativo pedagógico oferecido, a potência que as narrativas têm para a preservação da cultura.

Alguns dos objetivos específicos são estabelecer relações entre relevantes conteúdos históricos e culturais, ressaltando a importância da ferramenta narrativa para a preservação cultural de uma região; promover a cultura através de resgate de acontecimento histórico da Revolução Farroupilha como elemento pedagógico e criativo e socializar princípios do teatro e da dramaturgia para a produção de obras que trabalhem com a história do RS.

Curtiu? Para saber mais, clique aqui.

Secretaria da Cultura