Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Museu Antropológico do Rio Grande do Sul

MARS

MARS
MARS

O Museu Antropológico do Rio Grande do Sul foi criado em 20 de abril de 1978 a fim de reunir material que auxilie a pesquisa e o estudo sobre as diferenças culturais, assim como divulgar os aspectos tomados como significativos da cultura e da sociedade do Rio Grande do Sul.

O acervo do MARS é formado, prioritariamente, por documentos e objetos frutos de pesquisas etnográficas e arqueológicas, realizadas regionalmente. No centro de documentação da Instituição, constam, além de obras sobre tema, fotografias, entrevistas, objetos de uso cotidiano, até aqueles de conotação ritual e sagrada intrínseca. O material para pesquisa está disposto de acordo com os seguintes temas:

  • Etnicidade e identidade de grupos migrantes (sírios-libaneses, açorianos, alemães, judeus)
  • Liturgia católica
  • Religiosidades afro-brasileiras
  • Etnologia e etnicidade de grupos indígenas contemporâneos (Kaingángs, Guaranis)
  • Arqueologia indígena
  • Identidades étnicas de comunidades e movimentos negros no RS
  • Movimentos estéticos urbanos (quadrinhos, rock)
  • Territorialidade e habitação entre classes populares (etnografia de vilas populares)

 

Locais

Secretaria da Cultura