Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

LIVROS

Titulo​: A Economia Criativa No Brasil
Tema: ​O livro aborda a temática da Economia Criativa em perspectiva multidimensional, como estratégia de desenvolvimento econômico e sustentável. Promove intenso debate teórico, compreendendo a trajetória crítica da Economia da Cultura até chegar ao que hoje se denomina Indústrias Criativas. Além da discussão conceitual, a obra promove debate reflexivo do campo de disputa de implementação das políticas públicas para o setor, destacando iniciativas internacionais e nacional, especialmente, a partir da extinta Secretaria da Economia Criativa. Discute, ainda, as interseções da Economia Criativa com a temática de desenvolvimento endógeno, inclusão social, diversidade cultural e inovação. Mais do que um convite à investigação acadêmica, a obra é inegavelmente singular na literatura nacional e destina-se à apoiar pesquisadores, artistas, empreendedores, empresas e quaisquer interessados à aprofundarem o conhecimento sobre Indústrias e Economia Criativa.

Título​: E​ conomia Criativa: Como Ganhar Dinheiro com Ideias Criativas – John Howkins
Tema: Nome de destaque quanto ao assunto, o especialista em economia criativa, John Howkins, relata sobre o que realmente é criatividade e fornece dados concretos sobre sua representatividade na economia mundial.
A criatividade é o negócio que mais cresce no mundo. As empresas têm fome de pessoas com ideias – e cada vez mais pessoas desejam criar, comprar, vender e compartilhar produtos criativos. E neste livro o autor mostra como transformar criatividade em dinheiro e como ela se sobressai na era digital.

Titulo​: A​ Ascensão da Classe Criativa – Richard Florida
Tema: Neste livro, o urbanista Richard Florida identifica o surgimento de uma nova classe social que está remodelando a economia, a geografia e o local de trabalho do século XXI.
Esta classe criativa é composta por profissionais de diversas áreas que são responsáveis por novas formas de criação.E, de acordo com o autor, essa classe criativa determina como os locais de trabalho são organizados, quais empresas prosperam ou vão à falência e quais cidades prosperam.Com tabelas atualizadas e um prefácio escrito especialmente para a edição brasileira, Florida aponta para o futuro das cidades e destaca o papel decisivo da classe criativa para o sucesso do desenvolvimento global.

Titulo​: E​ conomia Criativa: Fonte de Novos Empregos – Victor Mirshawka
Tema: Esta coleção de livros sobre diversos setores da economia criativa traz um panorama sobre a influência da tecnologia no mercado profissional. A ideia do autor é trazer uma reflexão sobre novos empregos e como as pessoas podem se adaptar aos novos rumos da economia global. A cada livro da coleção, Mirshawka traz à tona um tópico específico que interfere ou se adapta às novas  demandas mundiais.


Titulo​:​ Empreendedorismo para subversivos – Facundo Guerra
Tema: O autor conta neste livro sua trajetória profissional até decidir largar tudo para abrir um negócio próprio.
Ele conta a história de cada um desses negócios, revelando os acertos e os erros. E oferece um guia com dicas fundamentais para quem sonha em ter o seu próprio negócio.

Título​:O​ Caminho do Artista – Julia Cameron
Tema: O livro de Julia Cameron já foi citado na nossa lista de ​inspirações criativas​, mas vale a pena indicá-lo mais uma vez.
Escrito em um formato de curso, o livro é um guia através de vários exercícios durante um período que ajudará você a liberar seu criativo interior. Se você está tendo dificuldades com o bloqueio de escritores, essa é definitivamente uma leitura que vale a pena. E vale lembrar que este livro requer participação ativa.

Titulo​:A Economia Artisticamente Criativa - Xavier Graeef
Tema: ​O que Andy Warhol, Walt Disney, Tiffany e Chanel têm em comum? A expressão usual é economia criativa. Como a economia, porém, é sempre de algum modo criativa, Xavier Greffe, da Sorbonne, concentra-se naquilo que é de fato criativo,a arte, para avaliar seu peso na sociedade contemporânea e traçar sua história recente com o fato econômico. Recorrendo à filosofia e à estética tanto quanto à economia, o autor discute o papel da arte e da cultura a partir das crises de reestruturação econômica dos anos 70 do século XX, quando países como a Inglaterra (onde a expressão primeiro se firmou) viram na criatividade um meio para criar empregos e refundar valores num momento em que ruía o paradigma industrial. A arte como alavanca da sociedade é uma proposta de renovação da vida cotidiana e econômica. O tom provocativo deste livro não pode passar despercebido. Economia criativa é a mais recente palavra de ordem das políticas públicas e motor da iniciativa privada de ponta, numa época em que o poder econômico e cultural concentra-se nos produtores de novos conhecimentos cujos efeitos alteram radicalmente a vida humana. Vai longe, pelo menos nos países desenvolvidos, o tempo em que a riqueza nacional baseava-se na posse de matérias-primas ou, mesmo, na capacidade de transformá-las industrialmente. Hoje, essa riqueza e o avanço social por ela permitido dependem de uma economia fundada na informação e na inovação, que é a criatividade transformada em obra ou produto. Longe dos discursos ocos e repletos de banalidades que se limitam a louvar uma novidade que não o é tanto, neste livro de amplo escopo e claro nas proposições Xavier Greffe, professor da Sorbonne, mostra quais aspectos da arte são hoje de fato relevantes para o desenvolvimento. Evita as ideias feitas sobre o tema e investigando os conceitos relevantes de criatividade, o autor verifica como ela se manifesta nesta etapa do capitalismo avançado e quais os problemas práticos de gestão enfrentados pelos empreendimentos criativos. Um interesse particular deste livro está na análise de iniciativas que mesclam arte e negócio, como a Fábrica de Andy Warhol, o cinema de Walt Disney e os caminhos do design e da moda trilhados por Tiffany, Gallé ou Chanel. A opção desses criadores por borrar as fronteiras entre arte e mercado, mantendo elevada a função estética de seus produtos sem deixar de visar o lucro, permite entender o amplo arco cultural iniciado no século XIX com os movimentos Arts & Crafts e Art Nouveau, prolongados depois pela Bauhaus e pelos formatos digitais de hoje. Xavier Greffe reúne o conhecimento do economista — que lhe permite discutir mecanismos de formação de preços e valores de um produto criativo — e a sensibilidade do pesquisador da cultura. O objetivo desta obra transdisciplinar, combinando filosofia, estética e teoria do dinheiro, é examinar a dinâmica entre arte, cultura e economia de modo a verificar o que há de novo nesse campo e como pode promover o desenvolvimento buscado. (Teixeira Coelho)



Titulo​:Rápido e devagar - D​ aniel Kahneman
 Tema: ​Em Rápido e devagar: duas formas de pensar, Daniel Kahneman nos leva a uma viagem pela mente humana e explica as duas formas de pensar: uma é rápida, intuitiva e emocional; a outra, mais lenta, deliberativa e lógica. Kahneman expõe as capacidades extraordinárias - e também os defeitos e vícios - do pensamento rápido e revela a influência das impressões intuitivas nas nossas decisões. Comportamentos tais como a aversão à perda, o excesso de confiança no momento de escolhas estratégicas, a dificuldade de prever o que vai nos fazer felizes no futuro e os desafios de identificar corretamente os riscos no trabalho e em casa só podem ser compreendidos se soubermos como as duas formas de pensar moldam nossos julgamentos. As questões colocadas por Kahneman se revelam muitas vezes inquietantes: é verdade que o sucesso de um investidor é completamente aleatório e que sua habilidade no mercado financeiro é apenas uma ilusão? Por que o medo de perder é mais forte do que o prazer de ganhar? Kahneman revela quando podemos ou não confiar em nossa intuição. Oferece insights práticos e esclarecedores sobre como tomamos decisões nos negócios e na vida pessoal, e como podemos usar diferentes técnicas para nos proteger contra falhas mentais que muitas vezes nos colocam em apuros.

Título​:Criatividade S.A.: Superando as forças invisíveis que ficam no caminho da verdadeira inspiração - Ed Catmull
Tema: ​Qual a fórmula por trás de filmes adorados por multidões como Toy Story, Monstros S.A. ou Procurando Nemo? Em Criatividade S.A., Ed Catmull conta a trajetória de sucesso do mais importante e lucrativo estúdio de animação da atualidade, a Pixar, que ele ajudou a fundar, ao lado de Steve Jobs e John Lasseter, em 1986. Dos encontros da equipe às sessões de brainstorm, Catmull mostra como se constrói uma cultura da criatividade, num livro definitivo para quem busca inspiração para os próprios negócios. Para Catmull, a tecnologia jamais deve estar acima de uma boa história; cercar-se de gente mais inteligente do que você torna o ambiente mais propenso à inovação; e encontrar o lado positivo do fracasso é fundamental para garantir o próximo sucesso. Esses são alguns dos princípios apresentados por Catmull em Criatividade S.A. Quase 20 anos depois do lançamento do primeiro filme da trilogia Toy Story, Catmull, atual presidente da Pixar e da Walt Disney Animation Studios, narra a trajetória da empresa que revolucionou a indústria de animação cinematográfica. Entremeando conclusões sobre gestão de pessoal com entusiasmadas informações a respeito dos avanços em tecnologia digital, além da história da Pixar e do cinema de animação, Criatividade S.A. apresenta mais do que conselhos de negócios, com trechos descrevendo situações quase como um roteiro cinematográfico.

 Titulo​:Economia Criativa - ​Stella Marina Yuri Hiroki
Tema: ​Após a Era da Informação e a Era do Conhecimento, vivemos a Era da Criatividade. Nunca tantas Startups foram criadas. Nunca tantas pessoas foram estimuladas a pensar em soluções transformadoras para o mundo. Neste contexto, a prototipação tem ocupado um lugar de destaque no mercado: hoje, você entra em um espaço de prototipação com a sua ideia e já sai com seu protótipo ou produto pronto. Conheça as principais aplicações de prototipação utilizadas hoje.

Título​:Economia Criativa. 40 Ferramentas Consagradas Para Analisar e Projetar Cenários - Pedro Guitton
Tema: ​Sendo a terceira maior indústria do mundo, a economia criativa necessita de características importantíssimas, como a cultura, criatividade e a inovação. O livro ensina como gerir essas características com segurança ao decorrer do tempo. O livro também ensina aos seus leitores métodos de gestão, poder de decisão e modelos de ação. Além disso, as ferramentas expostas na obra também são utilizadas nos trabalhos de conclusão de curso ou em dissertações de mestrado ou em teses de doutorado.
Titulo​:Economia da cultura e economia criativa (Série Universitária) - Rita Jimenez
Tema: ​SA Série Universitária foi desenvolvida pelo Senac São Paulo com o intuito de preparar profissionais para o mercado de trabalho. Os títulos abrangem diversas áreas, abordando desde conhecimentos teóricos e práticos adequados às exigências profissionais até a formação ética e sólida. Economia da cultura e economia criativa apresenta um novo cenário mundial e nacional que tem as pessoas como atores principais. Com a ascensão do empreendedorismo, a valoração da iniciativa, da vontade de criar e encontrar novos caminhos, notamos ideias cada vez mais inovadoras para estruturar esse novo mundo. Nesse sentido, a cultura e a criatividade são ferramentas que têm papéis fundamentais no desenvolvimento social, econômico e ambiental de países desenvolvidos e também de economia emergente. Por meio de exemplos embasados em dados, a obra mostra a pujança da economia da cultura e da economia criativa, além das formas de alcançar êxito nessas experiências.

Titulo​:Roube como um artista: 10 dicas sobre criatividade - Austin Kleon
Tema: ​Coleção Pitch Deck. Plataforma para jovens negócios. Verdadeiro manifesto ilustrado de como ser criativo na era digital, Roube como um artista, do designer e escritor Austin Kleon, ganhou a lista dos mais vendidos do The New York Times e figurou no ranking de 2012 da rede Amazon ao mostrar – com bom humor, ousadia e simplicidade – que não é preciso ser um gênio para ser criativo, basta ser autêntico. Baseado numa palestra feita pelo autor na Universidade do Estado de Nova York que em pouco tempo se viralizou na internet, Roube como um artista coloca os leitores em contato direto com seu lado criativo e artístico e é um verdadeiro manual para o sucesso no século XXI. Nesta obra, Austin mostra através de mensagens positivas um olhar gráfico diferenciado, ilustrações, exercícios e exemplos de como o leitor pode “ativar” seu lado criativo. Austin Kleon, corajosamente, desfila novas verdades sobre criatividade: nada é original, então abrace as influências, colete ideias, misture e reimagine para achar seu próprio caminho. Se gosta de um artista, copie-o, e copie as referências deste artista, descubra de quem ele gosta, quem ele copia, quem é a sua influência, e tome tudo isto para si. Seja este artista, até a hora que vai sentir que não está mais copiando e sim criando sua própria versão. Mas para chegar neste ponto é preciso que fique esperto, tenha uma rotina, um emprego fixo que lhe dê dinheiro e que lhe traga suporte para ser “selvagem” e ousado dentro de sua imaginação. O mais importante para os leitores é que Roube como um artista é focado na praticidade. Kleon quer transformar, mudar, fazer o leitor descobrir e ativar sua própria criatividade, e espera conseguir isto com todas as dicas e macetes que cita no livro. Roube como um artista é uma obra curta e intensa, um tiro certeiro para despertar aquele lado criativo que dorme dentro de todos os leitores.

Titulo​: Criativo e produtivo - J​ osh Liniker
Tema: ​Ser criativo tornou-se essencial no mundo globalizado. A maior parte dos executivos sente-se pressionada a produzir mais e de maneira mais inventiva para garantir a competitividade. Ser criativo e exercitar a criatividade no processo produtivo nem sempre foi fácil... Pelo menos até agora. Em CRIATIVO E PRODUTIVO, o executivo e músico de jazz Josh Linkner ensina que é possível manter-se na frente: explorando o poder da inventividade; capacitando seus funcionários para que desenvolvam músculos criativos; criando novas e lucrativas! ideias.

Titulo:​ Raciocínio Criativo na Publicidade - Stalimir Vieira
Tema: ​"No contundente Raciocínio criativo na publicidade, Stalimir Vieira enriquece a arte de ensinar publicidade às novas gerações, provando a inexistência de fórmulas mágicas e revelando que a paixão é a fonte de inspiração dos grandes criativos e o segredo das grandes realizações publicitárias." (João Anzanello Carrascoza, professor da ECA-USP).

Titulo:​ Somos todos criativos: Os desafios para desenvolver uma das principais habilidades do futuro - Ken Robinson
Tema: ​Você se considera uma pessoa criativa? E quando criança, usava e abusava da criatividade? Em que momento entre a infância e a vida adulta essa competência se apagou dentro de você? Ken Robinson, reconhecido internacionalmente como a maior autoridade no tema, tem a resposta para essa última pergunta e oferece reflexões sobre como podemos despertar o potencial criativo, uma das habilidades mais importantes no mercado de trabalho hoje. Em Somos todos criativos, Robinson defende que todos podemos ser criativos, mostra como ela está onipresente nas crianças e adormecida em muitos adultos - e o fenômeno que causa esse desaparecimento -, explora o valor da criatividade para os negócios e oferece uma abordagem inovadora para recuperá-la. Este livro ajudará você a: * entender como o sistema atual de educação está contribuindo para a perda de criatividade; * compreender a importância de promover um ambiente de inovação; * explorar maneiras para manter a criatividade viva; * analisar o papel do líder criativo dentro de uma companhia. Ao abordar o assunto, Robinson traz à tona os principais problemas encontrados no sistema educacional e apresenta diversos exemplos de escolas que estão tendo sucesso na implantação de um ensino para a criatividade. Lançada anteriormente com o título Libertando o poder criativo, esta nova edição totalmente atualizada reflete mudanças tecnológicas e demográficas, trazendo estudos de caso contemporâneos e alterações recentes na educação.

 Titulo:​ Somos todos criativos: Os desafios para desenvolver uma das principais habilidades do futuro - Ken Robinson
Tema: ​Você se considera uma pessoa criativa? E quando criança, usava e abusava da criatividade? Em que momento entre a infância e a vida adulta essa competência se apagou dentro de você? Ken Robinson, reconhecido internacionalmente como a maior autoridade no tema, tem a resposta para essa última pergunta e oferece reflexões sobre como podemos despertar o potencial criativo, uma das habilidades mais importantes no mercado de trabalho hoje. Em Somos todos criativos, Robinson defende que todos podemos ser criativos, mostra como ela está onipresente nas crianças e adormecida em muitos adultos - e o fenômeno que causa esse desaparecimento -, explora o valor da criatividade para os negócios e oferece uma abordagem inovadora para recuperá-la. Este livro ajudará você a: * entender como o sistema atual de educação está contribuindo para a perda de criatividade; * compreender a importância de promover um ambiente de inovação; * explorar maneiras para manter a criatividade viva; * analisar o papel do líder criativo dentro de uma companhia. Ao abordar o assunto, Robinson traz à tona os principais problemas encontrados no sistema educacional e apresenta diversos exemplos de escolas que estão tendo sucesso na implantação de um ensino para a criatividade. Lançada anteriormente com o título Libertando o poder criativo, esta nova edição totalmente atualizada reflete mudanças tecnológicas e demográficas, trazendo estudos de caso contemporâneos e alterações recentes na educação.

Título:​ A Economia da Moda: Porque Hoje um bom Modelo de Negócios Vale Mais do que uma boa Coleção - Enrico Cietta
Tema: ​Muitos acreditam que a moda está à beira de um abismo: muito rápida, muito poluidora; pouquíssimo focada na criatividade e excessivamente no mercado; muito econômica para o consumidor e pouco lucrativa para as pequenas e médias empresas; muito imprevisível e muito subjetiva para ser encarada como os demais setores industriais; muito material para ser considerada um produto cultural e muito imaterial para ser um produto manufatureiro. Estaria então a moda destinada a implodir em si mesma?Este livro oferece um outro ponto de vista e, ao apresentar a teoria econômica dos produtos criativos híbridos, esclarece o porquê desta sensação de estarmos indo em direção ao precipício.Rejeitando uma visão catastrofista, a obra explica as mudanças estruturais do setor e aquilo que o produto moda representa hoje para o consumidor e para o mercado.São modificações diretamente relacionadas a três elementos que se tornaram fundamentais no negócio da moda: o tempo, o risco e os custos.Por esta razão, ainda que a criatividade continue a ser fundamental, ela não é mais suficiente. Muito mais do que no passado, o sucesso no mercado depende do modelo de negócio da empresa, ou seja, do modo como se responde a estas mudanças.O fast fashion, a moda sustentável, os desfiles “see now, buy now” (“veja agora, compre agora”), os escândalos do uso do trabalho escravo são apenas alguns dos fenômenos que podem ser explicados à luz deste novo cenário. Até agora, poucos economistas tentaram oferecer uma nova chave interpretativa, mesmo sendo a economia da moda a disciplina que pode ajudar a entender o que esperar do futuro.

Título:​ O lado invisível da economia: Uma visão feminista - Katrine Marçal
Tema:​Considerado o Freaknomics feminista, este livro questiona o modelo masculino do pensamento econômico. Nele, a jornalista econômica Katrine Marçal explica como as bases teóricas da economia ignoram a mulher, cujo papel era prover o lar. Séculos depois, essa mesma lógica continua excluindo a mulher, que precisa fazer jornada dupla ao gerir carreira e família. Com linguagem envolvente e perspicaz e recheada de dados, a autora explica o funcionamento do mercado baseado na figura do homem econômico e defende que a única solução para uma sociedade mais igualitária é um pensamento econômico mais feminista.

Título:​ A Arte de Empreender na Economia Criativa - Caroline Dias de Freitas
Título:​ Hit makers - Derick Thopsom
Tema: ​Nada "viraliza". Se você acha que um filme, música ou aplicativo popular apareceu do nada e virou um sucesso no mundo saturado de informações dos dias atuais, você não está prestando atenção. Cada sucesso de bilheteria tem uma história secreta – de poder, influência e cultos apaixonados – que transforma alguns produtos em fenômenos culturais. Até mesmo a mais brilhante das ideias cai no esquecimento se não encontrar sua rede, e os consumidores mais importantes não são os primeiros usuários mas sim seus amigos, seguidores e imitadores – a audiência da sua audiência.Nessa investigação sem precedentes, o editor-sênior da The Atlantic, Derek Thompson, revela a psicologia por trás de por que gostamos do que gostamos e as dinâmicas econômicas do mercado cultural que molda nossas vidas. Destruindo os
mitos sentimentais sobre os hits que dominam a cultura pop e os negócios, Thompson demonstra que a qualidade não é o suficiente para o sucesso, que ninguém tem "bom gosto" e que alguns dos produtos mais populares da história estavam a um passo de se tornarem desastres. Hit Makers é uma viagem pelo último século da cultura pop e a mais valiosa moeda do XXI- a atenção das pessoas.

Secretaria da Cultura