Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Formulário de adesão

ACESSE AQUI

Exemplos de atividades:

  • Caminhada Cultural, percorrendo os bens culturais do município/região, com percurso e duração possíveis de serem feitos a pé. A caminhada deverá ser guiada por profissional que tenha conhecimento dos elementos que serão abordados, os quais podem ser: igrejas, museus, escolas, praça, monumentos, lugares de lendas, de acontecimentos, determinadas ruas, cemitérios, etc.;
     
  • Roda de Conversa, que pode ser realizada em espaço interno ou externo. O local depende da temática que será tratada;
     
  • Museus de portas abertas: Visita guiadas/mediadas nos Museus das cidades;
     
  • Oficinas (não profissionalizantes) sobre como fazer algum doce típico, um artesanato local, tocar instrumento relacionado a alguma celebração municipal (como Maçambique, por exemplo), ou instrumentos relacionados a capoeira, bem como aulas da mesma, etc.;

  • Trilhas ecológicas: promoção de atividades de Educação Ambiental tais como oficinas envolvendo o plantio de mudas de espécies nativas em praças, parques ou outros locais da cidade (patrimônio cultural ambiental), construção de uma horta ou viveiro coletivamente em espaço ocioso da cidade (terreno baldio próprio municipal), valorização dos biomas e das paisagens de cada região, trilhas, etc.;

  • Exibição dialogada de filme/documentário relacionado ao patrimônio cultural da região: (História, Memória, Antropologia, Paisagens);

  • Conhecer fotografando: Percurso guiado por profissional da fotografia, ensinando técnicas de como fotografar, tendo bens culturais do município como "modelos". Poderá ser desenvolvido pensando tanto para câmeras, quanto para celulares... Além disso, podem ser realizados concursos e premiações das fotos mais “curtidas” nas redes sociais;

  • Mostra fotográfica tendo como tema bens e referências culturais.

Exemplos de atividades virtuais:

  • Vídeos educativos e promocionais sobre o patrimônio cultural; 

  • Cursos, oficinas ou palestras de curta duração, em meio digital, sobre patrimônio cultural material ou imaterial;

  • Publicação de trabalhos técnicos e didáticos referente ao patrimônio cultural regional;

  • Execução de concursos de fotografia online sobre patrimônio cultural;

  • Rodas de conversa online com a temática do patrimônio cultural;

  • Visitas guiadas online a museus ou espaços de significado patrimonial;

  • Exibição de filmes ou documentários online sobre a temática do patrimônio cultural;

  • Exibição de apresentação explicativa sobre a história e o significado de peças de acervo musicológico;

  • Exposição virtual de acervo (objetos, fotografias, documentos) estimulando que a população compartilhe suas memórias com relação acervo.

Secretaria da Cultura