Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Direitos Inalienáveis, ODS e Cultura

RESULTADO DAS INSCRIÇÕES

Quando: 2 de dezembro de 2021, das 9h às 12h

Ministrante: Marta Porto

O curso virtual de Direitos Inalienáveis, Objetivo de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) e Cultura, que será realizado no dia 2 de dezembro de 2021, às 9h, promove a formação e debate sobre a importância da gestão e políticas culturais municipais no contexto atual, com ênfase na sua conceituação e seus principais desafios. Apesar de serem chamados de “Objetivos”, fazem parte da mesma dimensão dos direitos humanos, um conjunto de princípios universais e inalienáveis que formam uma plataforma orientadora das relações, decisões e comportamentos humanos. A novidade é que esses princípios, no caso dos ODS, vêm acompanhados por metas, compromissos, pactos e indicadores de resultados que os aproximam da realidade e, portanto, da prática. Esse curso tem como perspectiva criar oportunidades para despertar a reflexão crítica e o intercâmbio de experiências entre os gestores culturais em âmbito local, buscando possibilidades para atualizar, consolidar e sustentar sua prática profissional nos municípios. É uma ação formativa voltada a gestores, dirigentes e técnicos municipais de Cultura do Rio Grande do Sul e a todos os interessados da sociedade civil.

Direitos Inalienáveis, ODS e Cultura integra o Programa Estadual de Formação e Qualificação na Área Cultural do Sistema Estadual de Cultura. As inscrições seguem até as 18h de 30 de novembro. A lista de selecionados será publicada aqui no site da Sedac em 1º de dezembro. Os selecionados serão também contatados.

Marta Porto
Marta Porto

O curso Direitos Inalienáveis, ODS e Cultura será ministrado por Marta Porto, que éjornalista, curadora, conferencista, ensaísta, consultora e coordenadora em empresas, governos e organismos internacionais. É consultora internacional e ponto de referência, difusão e construção de um pensamento comprometido com o crescimento sustentável do patrimônio simbólico do país. Como crítica de cultura, ativista e pensadora, Marta Porto tem participado das principais arenas internacionais de debates sobre artes, cultura e políticas culturais nos últimos 30 anos. Marta Porto vem liderando e colaborando com programa das Nações Unidas, de governos e fundações sociais em projetos de democratização das artes e da cultura, comunicação cultural e engajamento social. Ela foi a mais jovem coordenadora de um dos escritórios da Unesco no Brasil (Rio de Janeiro/ 1999 – 2003), membro do Comitê que elaborou a Agenda 21 de Cultura das Cidades (Barcelona, 2004) e, em 2011, exerceu o cargo de secretária de Cidadania e Diversidade do Ministério da Cultura. É cofundadora da primeira empresa de comunicação por causas do país, a XBrasil (2004). Foi agraciada com o Prix Mobius de Multimídia Cultural (Unesco, Ministérios da Cultura e Ciência e Tecnologia da França, 1997), o Prêmio Beija-flor (Rio, 2002) e a Menção Honrosa de Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro (2001). Desde 2010, é Fellow Ashoka.

Destaca-se que o Programa Estadual de Formação e Qualificação na Área Cultural é um investimento na formação dos profissionais de cultura, com uma visão que busca instigar a sua capacidade crítica, intelectual e de visão organizadora do setor, para refletir, discutir e pesquisar sobre o significado e o valor de se trabalhar com cultura e arte para o desenvolvimento da sociedade gaúcha.

As atividades desenvolvidas no conteúdo programático do curso serão estruturadas a partir de:

- Metas, compromissos, pactos e indicadores dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentáveis. A diferenciação entre causas e agenda. Estratégia Ibero-americana de Cultura Y Desarrollo Sostenible. Cultura e ODS e as iniciativas e a aplicação dos Indicadores Culturais.

Metodologia: A educação à distância amplia o acesso ao conhecimento nas várias regiões do estado do Rio Grande do Sul. O curso terá como metodologia aulas virtuais expositivas, via plataforma, seguidas de debates. Uso de recursos como o Power Point.

Secretaria da Cultura