Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Dia do Patrimônio 2022

20 e 21 de agosto

 O Dia Estadual do Patrimônio Cultural tem promovido, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, diversas reflexões acerca da importância da valorização do patrimônio cultural regional, especialmente no reconhecimento da riqueza da diversidade cultural do Rio Grande do Sul. As comemorações do Dia Estadual do Patrimônio Cultural fazem referência ao Dia Nacional do Patrimônio Cultural, celebrado em 17 de agosto. 

Por aqui, as comemorações se concentram no terceiro final de semana do mês de agosto, contemplando atividades de sensibilização e de educação patrimonial, bem como a preservação, a proteção, a valorização e a salvaguarda do patrimônio cultural material e imaterial. Por conta disso, a temática tem ganhado cada vez mais espaços em todas as regiões do Estado. Em algumas cidades, as celebrações em alusão ao Dia do Patrimônio marcaram iniciativas importantes no cuidado com o patrimônio cultural local, provocando debates e ações em prol de sua conservação. 

Quando falamos em patrimônio cultural, logo pensamos nas referências culturais que nos caracterizam: as paisagens de onde moramos, as festas tradicionais da nossa cidade, as comidas típicas da região, músicas e danças que refletem a memória coletiva de um povo e até as lendas e histórias das gerações passadas, que são contadas e recontadas. 

Por isso, é fundamental que as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural sejam feitas com participação social. Nesse sentido, a 4ª edição do Dia Estadual do Patrimônio apresenta a temática Patrimônio Cultural, Cidadania e Ética. A proposta vai ao encontro dos temas tratados nos anos anteriores, ou seja, busca ampliar a noção do que são nossos bens culturais, agora sob a perspectiva das responsabilidades e motivações com relação ao patrimônio.

Assim, convidamos todos a participarem do 4º Dia Estadual do Patrimônio, a se realizar nos dias 20 e 21 de agosto de 2022, com atividades de reconhecimento e  valorização das referências culturais regionais, especialmente com ações que busquem refletir sobre os direitos e deveres com relação ao patrimônio cultural. 

 

Secretaria da Cultura