Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Anunciados vencedores de edital de R$ 2,1 milhões para setor audiovisual

Publicação:

site-20170824-anuncioeditalaudiovisual-gramado-27.jpg
Anúncio dos seis vencedores aconteceu durante o 45º Festival de Cinema de Gramado

Foi anunciado hoje o resultado final do edital da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer (Sedactel), por meio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), que investe R$ 2,1 milhões no setor audiovisual gaúcho. O anúncio foi feito durante o 45º Festival de Cinema de Gramado. O edital foi realizado em parceria com a Ancine (Agência Nacional do Cinema), por meio do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), que tem como agente financeiro no Brasil o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

O edital 17/2016 contemplou seis projetos em três categorias: dois longas-metragens, com R$ 550 mil para cada; duas obras seriadas de ficção, com R$ 300 mil para cada; e duas obras seriadas em documentário, com R$ 200 mil para cada. Os vencedores foram os longas “5 Casas”, da Besouro Filmes, e “Plauto, um sopro musical”, da Guarujá Produções; as obras de ficção “Tchekespere”, da Accorde Filme, e “Via Pública”, da Sofá Verde Filmes; e os documentários “O cinema e as cidades”, da Mendina de Moraes Santos Produções, e “O ofício de documentar”, da Tempo Serviços de Produção.

Também foram citados os três curta-metragens contemplados pelo Edital SEDAC nº 07/2016 13º Prêmio Iecine  em junho deste ano, que estão em fase de contratação, "Minha Avó Tecia o Mundo", de Luciana Gomes da Silva Druzina Me, "A Pedra", da Invideo Produções Cinematográficas LTDA., e "O Carnaval de Gregor" da Plano9 Filmes LTDA. Foi destacado o fato de que todas as produções contempladas são de dirigidas por mulheres.

Segundo o secretário Victor Hugo, “o Governo do Estado está mantendo todos os investimentos na cultura por meio do sistema pró-cultura, tanto via Lei de Incentivo à Cultura (LIC), como via FAC. Diante da crise que o Rio Grande do Sul, e todo o país, atravessa, garanto que isto é uma conquista de todo o setor”.

Na ocasião, o secretário anunciou novos investimentos para o audiovisual em conjunto com o FSA - Fundo Setorial do Audiovisual, no montante de R$ 1,5 milhões de reais do FAC - Fundo de Apoio à Cultura. O processo de elaboração deste edital está se iniciando e vai considerar as contribuições do Colegiado Setorial do Audiovisual e das entidades do setor, resultando em um novo Edital no montante de R$ 3,75 milhões, considerando o aporte do FSA que será buscado junto aos Arranjos Regionais.

Para a diretora presidente interina da Ancine, Debora Ivanov, é com o trabalho conjunto que os projetos poderão continuar acontecendo. “Vejo muitos estados diminuindo os incentivos e me alegro em ver o Rio Grande do Sul trabalhar para manter os investimentos”, afirmou. Segundo Beto Baum, membro do Conselho Estadual de Cultura (CEC) e presidente da Comissão Julgadora do Edital existe espaço para o desenvolvimento do setor. “Foi um desafio avaliar os projetos, o nível de excelência dos trabalhos mostra que muitos poderiam ser selecionados se a verba fosse maior", garantiu o conselheiro. Antes de anunciar os vencedores, o diretor de Fomento da Sedactel, Rafael Balle, reforçou o volume da cadeia produtiva audiovisual, já que foram inscritos 41 projetos no total, sendo 23 de longas-metragens. Também estava presente no anúncio a chefe do Departamento de Novos Negócios do BRDE, Vitória Lunardelli.

Secretaria da Cultura